terça-feira, 15 de setembro de 2009

Taís Araújo, a primeira negra na capa da Claudia


Já não era sem tempo. Os meios de comunicação, enfim, parecem ter se rendido à beleza negra. Thaís Araújo, esplêndida, é a atriz principal da novela das nove e, no primeiro capitulo, já mostrou a que veio. Ainda é cedo, mas deu para perceber que ela não é só linda e fofa, não. Vai dar conta bonitinho da Helena, de Manoel Carlos.

Demorou, mas a revista Claudia, que nunca tinha feito nenhuma capa com uma mulher negra resolveu seguir os passos da People (que colocou Michelle Obama numa capa). Tais está linda na Claudia deste mês, chama a atenção nas bancas. A atriz teve direito a perfil e ganhou o título de musa inspiradora da luta pela igualdade racial que a revista afirma ter abraçado. Na matéria, Thais que além de atriz é jornalista, diz que lutou muito para conseguir o papel de Helena até por achar que isso representa um passo importante para melhorar a vida dos negros brasileiros.

Pode ser, Thaís, pode ser. Mas ainda falta muuuuuuito para os negros conquistarem seu verdadeiro lugar na sociedade. Na verdade, eles continuam sendo as maiores vítimas de preconceito de raça ou de cor por aqui e nem vale a pena insistir neste ponto. Claudia garante que vai entrar de cabeça contra o preconceito, vamos ver. Falar sobre isso tendo como musa inspiradora uma mulher linda como Thaís Araújo, a apresentadora de TV mais bem sucedida do mundo, Oprah Winfrey, ou o presidente do país para poderoso do mundo, é fácil. Quero ver é se a Claudia e as outras revistas femininas finalmente descobrem e passam a estampar rotineiramente em suas capas e em seus editoriais de moda as nossas inúmeras belezas negras
.

6 comentários:

Liliana Sarquis disse...

Concordo plenamente com vc. Ainda falta muuuuuuuuuuuuuuuuiito. Sabe o que isso me lembra? Futebol feminino. É a mesma coisa. Quando tem olimpíadas e as meninas brasileiras estão arrebentando todas os programas esportivos e até os noticiários ficam naquela ladainha "vamos ver se agora as autoridades dão mais valor a elas", "os clubes precisam investir nas meninas" e por aí vai. Mas você por acaso já viu mostrar algum gol feminino nesses programas diários, os melhores momentos? bola cheia e, que seja, bola murcha feminino? Me parece a Claudia. Como a Taís Araujo é o destaque da novela das nove, o horário mais badalado, aí a "beleza negra" tem que ser reconhecida etc..etc...vamos ver quando a novela acabar.

Ana Borges disse...

E bota muuuuuuuuiiiiiiiitttttto, nisso.
Voltou aquela 'moda' nojenta do black is beautiful. Aliás, só bilriful mesmo!
Tudo da boca pra fora.
Só mesmo o idiota do Pelé acredita nisso, já que ele é aquele que nunca sofreu racismo.
Aqui niinguém é preto, é tudo moreninho...
Somos um país de 'pardos', q. nem o papel, mas todo mundo diz q. é branco.
E qdo. chegamos na Europa ou EUA, o passaporte leva a carimbada clara (com trocadilho mesmo): latino. Quer dizer, nem uma coisa, nem outra.
Como tascaram no pass da Sônia Braga, na França.
Brasileiro é o seguinte: metade preto e outra metade mestiço.
E estamos conversados.
Saco essa hipocrisia!

Ana Borges disse...

Cadê o meu comentário?
Postei no início dessa madrugada.

AB disse...

Meu comentário foi salvo e será exibido após aprovação do proprietário do blog?
Então ñ estão sendo aprovados.

Ana Borges disse...

Êita ferro. Estava com a macaca.
Mss é q. tem coisa, como racismo e preconceito q. realmente me deixam doida de atirar pedra.
O q. posso fazer? Nada, nada mesmo. Até pq. ñ quero.
Bjs.

Cris V disse...

REPITO A RESPOSTA!!!!
Já descensurei os comentários do blog. Eu mesma que coloquei esta opção pq. depois que fiz o twitter, na primeira vez que postaram um comentário agressivo. Acho que vou fazer igual a Marina W, que fechou o twitter dela, só entra quem ela conhece. Mas no blog, nao, vcs. nao merecem ser censurados, meus amores! Mas, juro, nao tive intenção.