domingo, 20 de setembro de 2009

Quem não vem no cordel da banda larga não vai saber que mundo é o seu



O vídeo estava lá no Ignnácia, este blog interessantíssimo da Liana e não resisti. Postei também aqui no Cris V. Vejam que maravilha o Gil, sempre genial. Alguém já disse que ele é um profeta do mundo digital e é mesmo. Numa época em que quase ninguém falava em internet, ele se saiu com aquela, lembram? “Criar meu web site /Fazer minha home-page/ Com quantos gigabytes / Se faz uma jangada / Um barco que veleje...” Agora ele vem com esta Banda larga, em que preconiza “Tudo vai passar por ela, mentes, corações, livros, teatro, televisão, todas as bibliotecas, todos os seus acervos. É a estrada nova”. Sábio Gil.

7 comentários:

Liana disse...

Dalvinha,esse vídeo é imperdível mesmo,concordo inteiramente com você .
O Gil tem qualquer coisa de muito além! Sideral!
Estou encantada com esse vídeo.Além da música, que é mesmo o máaaaaaaximo,me lembrou os momentos informais de alguns gênios aos quais tive acesso e em que eles continuavam GENIAIS!Assim...na cozinha...entre amigos...provando que não é preciso pose,nem lugar,nem mesmo fama, coisa que o Gil tem muita,claro, para dizer o que realmente é saber.
Me lembrei também da historinha do Newton,a maçã e a força da gravidade...

EDU disse...

É ISSO AI,GIL SEMPRE GIL GENIAL E ATUAL. É INCRIVEL COMO FLUI NATURALMENTE AS SUAS IDÉIAS E O SEU TALENTO.

aNA disse...

Q-U-E C-A-S-A-L L-I-N-D-O!
QUE NETINHO FOFO!
E QUE MOMENTO ESPECIAL!
COMO É BOM VER E OUVIR COISAS ASSIM...

Ana Borges disse...

Essa aNA aí sou eu, sei lá pq. saiu essa coisa troncha...

Cris V disse...

Não é demais este video??? Adorei o infonetinho!!! E é a mais pura realidade, quem não entrar na banda larga não vai saber que mundo é o seu...
Bjao

Liliana Sarquis disse...

"Caetano, venha ver este preto cantando na tv". Li não sei aonde que com este chamado de Dona Canô, Caetano conheceu o talento de Gil. ainda bem que ela estava sintonizada no canal certo, na hora certa. Ainda bem também que Gil preferiu a música à carreira de administrador (é isso né? Era Administração que eke cursava na época?).
Ele realmente é genial. É só lembrar de Domingo no Parque, que pra mim é uma das melhores composições dele (com arranjo de duprat, acho). A gente vê a cena, a gente vê o espinho da rosa ferindo zé e o sorvete gelando seu coração. A roda girando, a faca, o sangue na mão...genial. E atual.
"O linho e a linha", maravilhosa. "Drão"...
Impossível dizer qual a melhor dele, assim como a de Caetano e a de Chico. claro que temos aquela que nos bate mais, por um motivo ou outro. Mas dizer quela a melhor? difícil. Ele é corajoso. Um bom exemplo pra todos, ainda mais pra essa garotada que se acha, só porque vive grudada em computador, celular essas coisas. Ele se conecta com nossos vários mundos, vai da tecnologia ao sua infância ouvindo músicas no rádio. E como "quem sabe faz a hora", ele se arriscou na política, levou pedradas de todos os lados, mas e daí? "não espera acontecer". Não é assim que Vandré diz?

Cris V disse...

Liliana, querida, que bom que vc. voltou. Estava sentindo tanta falta de seus comentários!!! O Gil é seeeeeeeeeeempre genial, conseguiu ser genial até como ministro da Cultura e, como tal, sem verba. E não hesitou em pedir o boné quando achou que era a hora. Mas a letra deste "cordel da banda larga" ele conseguiu se superar e dizer mais uma verdade. Que precisa ser dita pois por incrivel que pareça ainda tem gente que resiste à banda larga. Não sabe nem quer saber. Recusa algo que já faz parte integrante do mundo nos dias de hoje. Para quem nao quis ou nao conseguiu abrir o video, acho que vou colar a letra num novo post...