quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Acabou a espera por Gabriel Buchmann

Quem me deu a notícia foi a Ana Borges, fiel frequentadora deste blog e amiga de fé. Mesmo sem conhecer o Gabriel pessoalmente, estávamos, ambas, torcendo muito por ele e ficamos muito tristes ao saber que seu corpo havia sido encontrado. Tínhamos muitas esperanças de que ele seria encontrado vivo, estaria perdido, machucado, sei lá, mas vivo. Que perda esta, um rapaz com aquele currículo, tão cheio de ideais, tinha tanto prá dar ao mundo, morre. Enquanto isso, os sarneys, collors (só pra citar os que estão mais em evidência neste momento), vivem 80, cem anos. Isso é uma sacanagem.

2 comentários:

ana disse...

Ah, Dalvinha, é tudo uma merda mesmo! Para nós, que conhecemos a trajetória e os projetos de vida deste rapaz, o Gabriel Buchmann, pela imprensa, em relação ao mundo e aos seus semelhantes, foi uma cacetada.
Enquanto isso, o Brasil taí superpovoado de energúmenos, verdadeiros bandidos comandando nossas vidas e a gente não consegue se livrar desses trastes.
Outra coisa que tá me dando nos nervos e me arrasando, é a constatação apavorante do aumento de MÃES enterrando filhos.
Tá demais. Presta atenção. Assustador. Algo muito estranho anda rondando nosso planeta e cada vez mais próximo e acelerado.
Cacete!

Liliana Sarquis disse...

Bota sacanagem nisso...E uns fdp promovendo guerras, causando situações como as que o Gabriel estudava e tentava mudar.
Só mesmo tendo outra encarnação, outro planeta habitado, outra galáxia!
eu que não acredito em nada, me ferro, não tenho nem em que me apegar. Como diz Deise, bebe que passa. Desce uma cerva bem gelada!