quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Roberto Requião associa câncer de mama em homens a passeatas gay


Estava eu me preparando para começar o dia falando sobre um projeto bacana que conheci ontem quando dei de cara com esta notícia na primeira página do portal do UOL. Não consegui deixar passar em branco. Impressionante a cara de pau destes homens públicos. E também sua burrice e desfaçatez. Se tivessem um mínimo de cuidado, não falariam certas bobagens que deixam transparecer todo seu preconceito, atingindo e revoltando milhares de pessoas.
Agora foi a vez do governador do Paraná, Roberto Requião, que relacionou o câncer de mama em homens com as paradas gays. A declaração infeliz – e totalmente gratuita - foi transmitida pela TV educativa estadual e gerou uma reação imediata da ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais).
Requião quis fazer gracinha. Ridículo. "A ação do governo não é só em defesa do interesse público, é da saúde da mulher também. Embora hoje câncer de mama seja uma doença masculina também. Deve ser consequência dessas passeatas gay", disse.
Em nota oficial, a ABGLT destacou que piadas desse tipo reforçam o preconceito, a discriminação e a violência contra os homossexuais. Ressaltou também que só este ano 19 homossexuais e travestis foram assassinados no Paraná. Nos últimos 15 anos foram 160 vítimas. A assessoria do governador disse que não comentaria o caso.

15 comentários:

Liliana Sarquis disse...

Mas ridículo é quem vota nesses fdp ainda. e deve ainda ter muito gay que vota. Acha até engraçado...

Cristiano disse...

E pensar que esse tipo de gente ainda está no poder. Com uma mente cheia de preconceitos.

Cris V disse...

Impressionante, não é? Por mais que a gente saiba que eles existem, não consigo me acostumar. Estas declarações e comentários sempre me deixam indignada!!!

Ana Borges disse...

Ele ñ tava gazendo gracinha ñ.
Ele acha isso mesmo.
E ele ñ faz questão nenhuma de esconder o desprezo que ele sente pelos homossexuais.
Tanto q. a assessoria dele nem quis se pronunciar.
Naturalmente, pq. seria apenas p/ratificar a fala do governador.
Noooojjjjjoooo.

Peças Raras disse...

Cris, Priscila ou Dalva...
Fiquei feliz em saber que é ouvinte de nossas Peças Raras. Desde já, ao descobrir essa jóia na web, passo a ser leitor assíduo de seu blog, que me foi recomendado pelo amigo Edu Malaveia.
A respeito desta notícia, ouvi ontem pela manhã na BandNews FM o comentário mais que pertinente do Ricardo Boechat. Além de ter repugnado o infeliz comentário dessa raposa política, ele observou que - apesar de em número ainda muito pequeno - o cancêr de mama atinge também aos HOMENS. Este fato agrava ainda mais a ignorância deste suposto político.

Liliana Sarquis disse...

Existe uma praga boa pra gente como este idiota: que a filha ou filho (ou todos eles) sejam gays e resolvam assumir. Melhor ainda: que a esposa arranje uma namorada, se apaixone, tipo, largar tudo....rsrsrsr....olha que já vi isso acontecer várias vezes....

Liliana Sarquis disse...

Sobre meu post anterior. Lembrei de uma caso bem legal. O pai de uma amiga minha era bastante preconceituoso em relação a negros. O que aconteceu? Ela só namorou negros e casou com um deles. Dois netos mulatos que ele adora....enfim.

JÔKA disse...

O filho do Roberto Requião é gay. Ele fala mas tem telhado de vidro, e em casa.
Bjs!

JÔKA disse...

Se bem que ter um filho gay, ao contrário do que afirma a Dona Liliane, essa senhora aqui acima, não é praga pra ninguém.

Cris V disse...

Vou começar pelo final. Jôka, querido, a minha amiga Liliana se expressou mal qdo. disse que ter um filho homossexual seria uma praga. Conheço-a bem para saber que ela não pensa assim, o aie ela quis dizer é que para um homem tipo machão que odeia gays realmente seria, ou melhor, é a morte ter um filho homossexual e que se assume como tal. Mas nóz entendemos e estamos com vc. Alias, praga é ter um pai ou um marido assim.
Entao, o filho do Requiem é gay, é?hahahaha. Tadinho, ninguém merece ter um pai assim. E o pior é que, como fisse o cristiano e a ana, ele nao estava fazendo gracinha e, querendo nós ou nao, está no poder.

Cris V disse...

Marcelo, do Peças Raras, ganhei o dia, ou melhor, a noite, a madrugada, com este seu comentário. Já te ouvi algumas vezes na Malaveia, inclusive qdo. o Guerralhe recomendou que desse uma olhada no meu blog. Confesso que não acreditei muito, mesmo assim, senti vontade de conhecer os seus. Quer dizer que o Boechat caiu de porrada no Requião tb. é? Bj

Liliana Sarquis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jôka P. disse...

Tá tudo bem claro, claríssimo, Dona Liliane. E acho que nessa altura do campeonato já podemos dispensar as formalidades de "Sr" e "Dona"... por favor, me chame de Jôka, já que, como diz o meu pai: "O Senhor estáno céu".
☺ Um beijo!

Rodrigo disse...

É impressionante como o ser humano regride em certas coisas... A próxima é fazer o que? Botar na fogueira? Apedrejar em praça pública ou mesmo inventar uma religião lucrativa com vários homofóbicos? Só que eles se esquecem que suas mães tiveram passado, que seus filhos terão futuro e que não é "tão pior ser gay" do que talvez corno...não?
Acho que hoje em dia homem é aquele que derruba helicóptero de polícia, que atira pra qualquer lado (mate quem matar)... Aliás..algum desses algum dia disseram ser gays???

Ana Borges disse...

Ôpa, assunto bom esse, não?
Deu uma surubada legal aqui.
Nunca vi tantos comentários num só post até hoje da Dalvinha.