quarta-feira, 21 de outubro de 2009

A diferença entre trepar, transar e fazer amor


Participo de um blog coletivo sensacional chamado Todas as coisas do mundo. Cada semana, um tema diferente. O desta semana é... sexo. Eu saí pela tangente e postei dois poemas sacanas escritos, um por Manoel Bandeira, A Cópula e outro, de Drummond, O que se passa na cama. Hoje fui lá e a Suzana Elvas publicou um texto genial intitulado Câmara clara sobre a diferença entre trepar, transar e fazer amor. Vale a visita, sem dúvida.


Ilustrações de Eduardo Recife.

3 comentários:

Diz disse...

É engraçado como vc se inspira em mim, não é?
Hj eu coloquei de novoooooo este poema no meu blog- o poema que ele me deu, depois que o conheci nas ruas de Ipanema, não no posto seis. Qd ele me contou de sua amante algumas ruas adiante da minha.
Até meu perfil não escapou...

Sergio disse...

Valeu, Cris V. O texto linkado é mesmo muito bom. E parabéns pelo blog, gostei. Bjs Sérgio Bernardo

Cris V disse...

Obrigada, Sergio, por seu comentário e por seu elogio. Qto. a vc. Laura... não sabia que este poema Drummond "te deu depois que o conheceu nas ruas de Ipanema", ele está em algum de seus livros e consegui googlando em "Poemas eróticos de Drummond. Sobre o perfil, ah, pensei que vc. tivesse entendido o que aconteceu. Gosto mto. de seu blog, sim (tanto que até agora ele esteve na página de abertura do meu blog, em "Meus blogs favoritos", vc. é mto. criativa, etc e tal, mas, sinceramente, não preciso me inspirar em vc. não. Sou uma pessoa de opinião e ideias próprias, caso não tenha percebido...