quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Ar condicionado sem motor. O fim da novela!


Vejam como são as coisas. Hoje às 9h da manhã me liga um supervisor da Brastemp, todo solícito, e me informa que o motor do ar condicionado, aqueeeeele que veio faltando esta peça, será instalado pela autorizada “o mais tardar até a próxima quinta-feira”.
Não, não foi por acaso. Já tínhamos desistido de resolver o problema com o fabricante. Agora a briga seria na justiça. A Brastemp já tinha dado sua palavra final. Havíamos perdido a garantia porque o mesmo não havia sido instalado por uma autorizada. Brincadeira, porque na época eles tinham desautorizado a autorizada local e o serviço de atendimento ao consumidor lá desta empresa (péssimo por sinal), me informou que “desde que não houvesse problemas na instalação a mesma poderia ser feita por outro técnico”.
Bem, resumindo, esta história chata e desgastante terá um final feliz e, de certa forma, rápido. Mas graças exclusivamente à ajuda de meu primo Mauro Ventura, que encaminhou lá no Globo uma reclamação minha à coluna de defesa do consumidor e conseguiu que a mesma fosse priorizada entre as centenas para lá enviadas.
Pobre país em que as empresas se dão ao direito de desprezar seus consumidores desta maneira. Pobre país em que marcas tão consolidadas ainda não se deram conta da importância de manter um vínculo estreito e de satisfação com seus clientes. E que não investem neste tipo de serviço, deixando-os entregues à atendentes mal preparados, que transmitem informações contraditórias a quem reclama ou precisa de informações. Que, enfim, não resolve os problemas ocorridos. No caso da Brastemp, a empresa não fornece nem protocolo nem grava as ligações. Pode?



Ilustrações de Mario Wagner e Ben Goosens

3 comentários:

Ana Borges disse...

Eita mundo cão!
Diz pra gente qdo. vcs. sentirem a primeira lufada de ar fesco!
Aí acredito q. foi resolvido.

Liliana Sarquis disse...

Como a gente pode ver, a Brastemp já não é "nenhuma brastemp". O pior é que não dá nem pra "por na Consul", a nossa confiança, porque essas empresas grandes desreipeitam com toda a cara de pau e não acontece nada. é só ver as telefônicas, as concessionárias etc, etc, etc...
Que bom que pelo menos o teu caso foi resolvido.

Lista Telefonica disse...

www.sualista.com.br