quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Quase Natal



Véspera de Natal e de meu aniversário. Em casa, reina o caos total, com filhote de cachorro fazendo cocô e xixi no tapete e em todo lugar, cozinheira preparando ceia e empregada nova com neném de dois meses a tiracolo. Para mim, chega. Não quero saber mais de shoppings nem de lojas. Ontem encarei até supermercado e foi pauleira no jornal. Saí no final da tarde com a Ana para um café e para terminar as compras. Dei de cara com o atelier da Dani Deslandes fechado, onde eu ia comprar os presentes que faltavam. Procurei uma loja mais vazia e pronto, resolvi tudo de uma tacada só. Juro que no ano que vem vou comprar tudo cedo, igual a minha irmã, que mal termina um Natal já começa a pensar no próximo.

Não sei como nem porque mas ainda não surtei nem deprimi. Todo final de ano eu deprimo, é impressionante, já fico até esperando. Passei por aqui rapidinho, como tenho feito, aliás, já há algum tempo, desculpem. Sou só eu providenciando tudo, cuidando de tudo. Então, fica difícil. Queria muito ser cuidada por alguém, mas só por algum tempo para ver como é.

Estou fazendo tudo para ficar calma, mas tem horas que não dá... Pior que atualmente não tem nem novela para me acalmar porque desisti de acompanhar Viver a vida, só assisto de vez em quando e assim mesmo, fazendo outra coisa. Para mim, ela a novela mais chata de todos os tempos. Só quem se salva mesmo é a Lília Cabral. Não, Alinne Moraes, surpreendentemente, está dando um show. E tem o Maradona, adoro, quem é o ator, em? A novela até que tem bons atores, sim, reconheço. O problema é mesmo do enredo, da trama, que é ruim, cheio de chavões, de lugares comuns. Sem falar que é um tremendo de um dramalhão.

Meu relax e meu prazer neste ano que está quase terminando foi, com certeza, este blog. Um vício positivo que vem me trazendo um enorme aprendizado e uma interação preciosa. Cris V me toma um tempo precioso mas me rende uma gratificação muito grande também. Através dela ingressei num mundo intensamente atraente sob todos os pontos de vista que me faz esquecer da vida. Só tem um problema. Há que se ter uma enorme disciplina. Por falar nisso...

Fui!!!!!!!!!!!!!!! Até amanhã e Feliz Natal!


8 comentários:

Liliana Sarquis disse...

Calma Dalvinha! No final tudo dá certo! Eu estou na mesma situação que vc e não estou nem aí. como disse, a noite tudo se resolve. aprendi isso. Fiz supermercado ontem tb. Um saco. Este sim, nunca mais. Presentinhos, essas coisas. Levando mamãe na cadeira de rodas ao shopping. Mas com direito a chope pra mim e malzebier pra ela. Beleza. E assim vai...a gente vai levando. Por mim, ficava em casa, só com mamãe e pronto. Mas como no meu aniversário, parece que não mando em mim nem na minha casa. O pessoal já liga assim: "eu vou levar o peru, vc faz o tender, fulana leva a sobremesa" . E ponto final. Desisiti de dizer que quero passar sozinha. I want to be alone não resolve no meu caso. eles aparecem com bandeijas e presentes e eu tenho que entrar no clima natalino. Então é tipo relaxa e goza. Melhor assim. E tchau porque ainda tenho que comprar cerveja e gelo! Feliz aniversário e ótimo natal para todos os fãs de Cris V. Fui!!!!!!

Liana disse...

Ah gente...quer saber? Eu aprendi a gostar do Natal.
Pô...era muito chato e trabalhoso ser diferente de todo mundo só porque para mim, desde muito cedo as coisas pararam de combinar com aquela foto encantada que todos trazemos no coração.
A família que se desfez pode sim morar nas boas lembranças, os que se foram também, e nesse dia se juntarem aos nossos bons sonhos para o futuro e aos grandes sonhos daqueles a quem amamos e que chegaram depois.
Natal "faz parte", gente! E aos 48,eu não quero mais abrir mão de nada nem de ninguém,nem que seja para existir somente no meu coração.

Liliana, que bom que ninguém abre mão de estar com você nesse dia!

Para todos nós, tietes do Cris V, Crisvetes, um feliz Natal e um ano novo DUCA!

Cris V disse...

Lili, Mana querida e todos os mais:
Estranhamente tb. estou aprendendo a gostar do Natal e este ano, apesar de tudo, até que estou curtindo. Se meu tom foi de lamento, desculpem, errei. Foi mal, como dizem os meninos. Sim, cansada estou, mas é de praxe. Mas estou feliz e tenho muito que festejar além do meu aniversário. Tive um ano bom, ao lado das minhas filhas, curtindo a minha neta, num relacionamento cujo saldo é bastante positivo. Sem falar nos amigos, não muitos, mas fieis, no blog e tudo o que ele trouxe a reboque, enfim, o balanço final é dez.
Liana, adorei o "crisvetes", só vc. mesmo! E, como sempre, as imagens deste post estão o máximo, perfeitamente casadas com o texto.
Aninha, adorei as flores, que recebi assim que acordei pela manhã e estão lá, embelezando a minha sala nesta noite de Natal.
Bjao para todos

Cris V disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Liliana Sarquis disse...

Ah, claro que faz parte. Mas escrever algo sobre o natal em pleno corre-corre só pode dar nisso, reclamações, desespero de ver a hora passar e ter um monte de coisas pra fazer etc. São 18h54 e acabei de sab er que a cerveja que estaria gelando praq mim, no boteco aqui perto de casa, "ainda não está bem gelada" porque tem um monte de gente bebendo no tal boteco. Dei uma pressionada. sou freguesa cativa de lá, apesar de ter meu próprio bar e poder beber a preço de custo. Vamos ver se até as 20h ela chega aqui geladinha. De qualquer forma, já tirei tudo do congelador e pedi pra vizinha fazer o mesmo. Aproveitei e abri um Lambrusco geladíssimo. Eu e mamãe (ah, e a vizinha) mderrubamos uma garrafa em minutos. Que bom que não tenho mais visícula. E nem fígado, pelo jeito.

JANI disse...

Querida Dalva, quero desejar que esta mistura boa de Natal e Aniversário seja especial... que você continue nos deixando, através do blog, do seu trabalho, da sua vida... muitas mensagens, informações, emoções!
Em 2009, foi muito bom poder lhe conhecer um pouquinho mais de perto. Que em 2010, possamos estender laços de amizade!
Abraços, beijos. Janimary

Ana Borges disse...

Ó, com uma turma tão legal como essa q. pinta por aqui, ñ tem como resistir à magia do Natal.
Fico feliz e me sinto abrigada no coração de cada um de vcs.
Tô no clima, confiante e mais ainda por saber do alto astral q. baixou em cada família.
O meu Natal tbém ñ escapou do peru e tudo mais, então, foi ótimo, c/marido e filhos e gatinhos, mesmo c/meu pensamento no primo querido Fabinho, q. luta no hospital p/voltar pra nós. Mas ele é um guerreiro e vai vencer essa batalha.
2010 vai ser muito, mas muito melhor que esse ano q. finalmente acaba.
Bjs carinhosos pra todos.

AB disse...

Aquele cara da novela, o Maradona, é mesmo uma graça. Ele nem é ator, é empresário lá em Búzios, dono de restaurante ou pousada, vive lá há anos, como milhares de outros argentinos.
E tá fazendo o papel dele mesmo, só q.é casado. Convidaram pra novela e ele topou de farra. Deu certo.
Dizem q. todos na cidade adoram ele, e é um dos organizadores do Festival de Cinema de Búzios.